A China investiga novas imagens de detritos encontrados no sul do Oceano Índico e que poderiam ser do voo MH370.

china detritos

Kuala Lumpur – O ministro interino de Transportes da Malásia, Hishammuddin Hussein, afirmou durante uma entrevista coletiva realizada neste sábado que recebera notícias dadas pelo embaixador chinês na Malásia de que a China havia captado imagens de satélite de objetos flutuantes no chamado corredor sul, que se alonga da Indonésia até o Oceano Índico, e que podem se destroços do avião da Malaysian Airlines desaparecido no último dia 8 de março, uma hora após haver deixado Kuala Lumpur, a capital malaia, com destino a Pequim, com 239 pessoas a bordo.

Hussein acrescentou ainda que o governo chinês daria mais detalhes sobre os objetos encontrados ainda neste sábado.

Mas a informação inicial é de que os detritos avistados nas fotos teriam sido achados a 120 quilômetros dos possíveis destroços avistados na última quinta-feira por autoridades australianas a partir de outras imagens de satélites.

A China é um dos 26 países envolvidos na busca do voo MH370. Os passageiros do avião eram em sua maioria chineses.

avião

Até agora, o mundo se pergunta por que os Estados Unidos não enviaram os aviões não tripulados para fazer varreduras no Oceano Índico, já que estes modelos possuem modernos e eficientes sistemas de detectores de metal.

Por: Adão Lima de Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *