Exército de Israel bombardeia território sírio.

israelO governo israelense confirmou bombardeio a alvos na Síria. O ataque seria uma resposta às explosões que atingiram as montanhas de Golán na terça (18), no qual afirma o governo israelense que quatro soldados ficaram feridos no ataque da Síria contra Israel e por agressão creditada a terroristas.

Já o contra ataque israelense deixou uma pessoa morta e sete feridas na Síria, segundo confirmou as Forças Armadas do país, como resposta às tentativas de grupos rebeldes sírios responsáveis pela escalada da tensão com atos agressivos que ameaçam a segurança da região, conforme afirmou o exército israelense em comunicado oficial. Pois, “Consideramos o regime de Assad responsável pelo que está acontecendo. Caso continue cooperando com terroristas o faremos pagar um preço muito alto”, disse o ministro de Defesa de Israel, Moshe Yaalon, em forte tom de ameaça.

Segundo, ainda a nota oficial, Israel alega ter advertido as forças militares de Bashar al-Assad para que  não ajudem os agentes terroristas. Os alvos bombardeados foram o quartel-general sírio, um centro de treinamento e baterias de artilharia,

 A Síria já estava sob aviso, pois na terça-feira o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, já havia advertido que responderia “com força” às explosões em Golán.

Por: Adão Lima de Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *