FHC diz que a presidente Dilma não dialoga com o Congresso Nacional.

FHCDe acordo com o ex-presidente, Fernando Henrique Cardoso (PSDB), a democracia instituída desde a Constituição de 1988 tem mais consistência que os momentos democráticos anteriores, mas a “forma como ela está se consolidando é complicada”, disse, em tom de crítica ao modo como o governo de Dilma Rousseff (PT) vem realizando alianças e decidindo os rumos do país.

“São mais de 30 partidos, 39 ministérios. Há uma demora nas decisões e uma dificuldade de fazer o Congresso entrar na agenda nacional”, disse ele, durante discurso sobre os 50 anos do Golpe Militar, na noite de ontem (25).

Destacou ainda, o ex-presidente, que Congresso Nacional não pode ser relevado e nem tentar anulado, pelo o importante papel na democracia e na balança entre os poderes. “Ninguém pode fazer nada sozinho. Tem que ter mais capacidade de ouvir, mas institucionalmente é difícil se submeter à crítica contínua”.

Fernando Henrique disse que acredita que há também traços não democráticos na maneira como o governo vem defendendo obras faraônicas, como o trem-bala e Transamazônica, característica que parece uma volta ao passado. E criticou a governabilidade de Dilma Rousseff dizendo: “Coalizão é quando se junta três ou quatro partidos em um objetivo comum. E não cooptar para se perpetuar no poder”.

Por: Adão Lima de Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *