Jordânia levanta um novo campo gigante de refugiados.

Campo de Refugiados

CISJORDÂNIA – A cidade improvisada de refugiados da guerra síria aloja hoje cerca de 93.000 pessoas. Está no limite há mais de um ano. Por isso, o Governo jordaniano, com a ajuda da ONU, levantou o novo campo de Azraq, a 100 quilômetros da capital, Ammán, no leste do país. Abrirá suas portas no dia 30 de abril.

Para atender a diáspora, Azraq está organizado para receber 2.000 novos refugiados ao dia. Os novos são o objetivo, mas não só. O campo foi pensado também para servir de ponto de reunião a muitas famílias divididas pelo território. A pressão demográfica é grande: a demanda de água, que provocou conflitos entre locais e refugiados, fez saltar os alarmes com o olho posto no verão; o rio Jordão viu reduzido seu volume; os preços de aluguéis e produtos básicos aumentaram, e o orçamento do Estado sofreu um forte rombo.

O Ministério de Finanças jordaniano calcula que entre 2013 e 2014, o custo de alojar os fugidos da guerra síria alcançará ao todo os 5 bilhões de dólares (11,6 bilhões de reais).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *