Obama anuncia medidas duras contra setores da economia russa.

casabrancaAinda sobre o episódio da anexação russa da península da Crimeia  a Casa Branca descartou qualquer excursão militar norte-americana contra ex-república soviética, mas admitiu como caminho possível pressionar com sanções de caráter econômico, algo que nem sempre segue a linha da União Europeia e que, como reconheceu o presidente poderia prejudicar a economia global.

O presidente Barack Obama demonstrou preocupação diante da mobilização de tropas russas  em zonas do leste e do sul da Ucrânia. Ele acredita que quanto maior for a escalada russa, maior será o isolamento internacional que o país enfrentará. Minutos depois da declaração do presidente, o Kremlin  afirmou que a crise é a mais grave entre os dois antigos inimigos desde a guerra fria, determinando a proibição no país de legisladores norte-americanos, entre eles o presidente da Câmara de Representantes, John Boehner que se disse orgulhoso de estar na lista negra dos russos, e o senador republicano John McCain.

Por: Adão Lima de Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *