Arquivos da Seção: Cidades

Homenagem aos 122 anos de Petrolina

Imagem de Petrolina 1

AMMPLA altera trânsito no Centro de Petrolina para procissão da Padroeira Rainha dos Anjos

CatedralPETROLINA – Devido à procissão em homenagem à Padroeira de Petrolina, Nossa Senhora Rainha dos Anjos, a Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) irá ordenar o tráfego de veículos e a circulação de pedestres no Centro da cidade nesta terça-feira (15).

Segundo informou a assessoria do órgão municipal, haverá uma interdição progressiva do tráfego a partir das 15h30, em algumas vias: Avenida Guararapes e as interações que se ligam a ela; Avenida Cardoso de Sá; Avenida Joaquim Nabuco (interdição temporária); Avenida da Integração (entre a padaria Além do Trigo até o Monumento da Integração); Travessa Praça Dom Malan (em frente à Caixa Econômica); Rua Dr.Pacífico da Luz (nas imediações da Igreja Matriz); e Rua Aristarco Lopes.

Para garantir tranquilidade a quem for à procissão, a AMMPLA vai disponibilizar equipes de agentes de trânsito para acompanhar o cortejo. Além disso, os agentes estarão disciplinando e monitorando o trânsito nos cruzamentos interditados, como também nas ruas no entorno da área central do evento. Durante todo o percurso, três motos do Grupamento Tático Motorizado (GTM) da Guarda Civil Municipal (GCM) vão ajudar também nesse trabalho de ordenamento.

Fonte: Blog do Carlos Britto

Intervenção da Compesa deixará cinco bairros da zona oeste de Petrolina sem água nesta sexta

Torneira-compesaPETROLINA – Cinco bairros da zona oeste de Petrolina terão o fornecimento d’água suspenso nesta sexta-feira (31). O motivo, conforme a Compesa, é que será realizado um serviço de manutenção que proporcionará melhorias no sistema de abastecimento.

A intervenção iniciará às 8h, e vai substituir dois registros da rede de distribuição localizada no bairro Jardim Amazonas. A previsão da companhia é concluir os trabalhos às 20h. Durante o período, o fornecimento de água será suspenso para os bairros de Jardim Amazonas, Alto do Cocar, Pedro Raimundo, Quati, Jardim São Paulo – e Univasf (Campus Ciências Agrárias).

O abastecimento será retomado para as áreas afetadas após a finalização do serviços, de forma gradativa. A Compesa garante que o sistema de distribuição de água será totalmente restabelecido no prazo de 48 horas.

Pelo menos cinco bairros de Juazeiro ficarão sem água nessa terça feira (28)

Falta de àguaJUAZEIRO – Os moradores dos Bairros Castelo Branco, Alto da Aliança, Tancredo Neves, Jardim São Paulo e Dom Thomaz, em Juazeiro, terão o abastecimento de água interrompido para a troca do rolamento de uma bomba na subestação de Piranga. O Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) terá que desligar o sistema nessa terça-feira das 8h às 10h.

De acordo com o SAAE, as medidas fazem parte do trabalho de melhoria no abastecimento de água em toda a cidade. Caso o serviço seja concluído antes do tempo previsto o sistema voltará à normalidade.

Sertânia tem primeiro caso de afogamento da transposição

CanalPETROLINA – Homem é vítima de afogamento nas águas do canal da transposição do Rio São Francisco, em Sertânia, Sertão do Moxotó. Amigos que estavam com Jurandir no momento do fato, disseram que ele nadava no canal quando mergulhou e não retornou à superfície.

Esse é o primeiro caso de afogamento após a liberação da água do canal em Sertânia, no eixo leste da transposição ocorrido no começo do mês. Os banhos são proibidos nas águas do canal e barragem ligadas à transposição, no entanto mesmo o Ministério da Integração Nacional avisando da proibição, não existe fiscalização para barrar a utilização do equipamento para banhos.

As águas do canal são inconstantes e por isso, perigosas, pois seu nível sobe com velocidade e sem aviso prévio. Na área é constante pessoas se aglomerando para se refrescarem nas águas proibidas do canal.

Após chacina, governo teme contraofensiva do PCC e quer acelerar plano nacional de segurança.

TEMERAMAZONAS – O ministro da Justiça Alexandre de Moraes foi a Manaus (AM) por causa da rebelião e chacina com dezenas de mortos, além de muitos fugitivos,  ocorrida nos presídios do Estado, neste começo de ano, enquanto o governo federal mobiliza o GSI – Gabinete de Segurança Institucional, segundo a colunista Jovem Pan Vera Magalhães, que conversou na manhã desta terça (03) com pessoas ligadas ao presidente Michel Temer.

O temor do governo, após o massacre de ao menos 56 pessoas, o segundo maior do sistema prisional brasileiro, é que haja uma contraofensiva do Primeiro Comando da Capital (PCC), que domina cadeias em vários Estados pelo País, como Rio Grande do Norte, Maranhão, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

A Família do Norte – facção que liderou chacina contra presos do PCC – é ligada ao Comando Vermelho, do Rio de Janeiro.

A ordem é reforçar a segurança e mobilizar os órgãos de inteligência para detectar eventuais novas rebeliões. No Amazonas, o dinheiro emergencial servirá a uma transferência de presos para presídios federais. O Planalto avalia que o governo e a administração do presídio demoraram muito para agir.

Já havia muitos alertas que apontavam para um eventual conflito no presídio de Manaus. Uma operação da Polícia Federal em 2015 identificou as facções envolvidas e o risco que havia. Já uma inspeção do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em 2016 também revelou as condições ruins no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e alertou que o sistema privatizado de administração presidiária vigente no local não era o ideal.

Foi solicitado o contrato dessa terceirização, que até hoje não foi fornecido.

Os detentos que foram mortos estavam no chamado sistema seguro. Local dentro da prisão em que se fica isolado da massa carcerária, em mais um sinal de que havia a detecção prévia de possíveis alvos de ataques. Tudo isso será alvo de investigação.

A longo prazo, o governo pretende reativar e acelerar o lançamento do Plano Nacional de Segurança, anunciado em outubro do ano passado por Alexandre de Moraes. Um dos eixos do Plano é justamente a “racionalização do sistema penitenciário”. Outro é o combate ao narcotráfico e tráfico de armas nas fronteiras, problemas interligados, já que as facções operam nas duas pontas.

GESTOR DA FACAPE TAMBÉM APARECE COMO FICHA SUJA.

Prof RemígioPETROLINA – Rinaldo Remigio, atual gestor da FACAPE, que atravessa um período de crise, com aumentos absurdos e sucessivos nos valores das mensalidades, e uma folha de gastos sinistros pra ninguém botar defeito, reaparece em nova lista de gestores tidos com FICHA SUJA.

SAAE lança site para consumidor reclamar e solicitar serviços em Juazeiro

saae-juazeiroPara estreitar os laços com os clientes em Juazeiro (BA), o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) acaba de lançar uma plataforma online para que os consumidores reclamem sobre o atendimento e a qualidade dos serviços oferecidos na cidade (coleta de esgoto e distribuição de água).

Além disso, o site permite que os usuários façam sugestões e solicitem serviços. Na página, os consumidores ainda podem encontrar dicas de como economizar água, retirada da segunda via da fatura, verificar vazamentos na sua ligação, limpeza dos reservatórios, sistema de esgoto e como instalar a caixa de gordura.

Prefeitura anuncia fechamento do Centro da Juventude

Centro da JuventudePETROLINA – O não repasse de verbas do Governo do estado de Pernambuco, atingiu um dos programas prediletos da prefeitura de Petrolina, o  Programa Vida Nova /Centro da Juventude. O Governo do Estado deixou de repassar os recursos que davam base para a manutenção do Programa.

 A secretária de Cidadania, Célia Regina Carvalho, lamentou o fechamento do programa, e lembrou que o Centro da juventude sempre foi eficaz nesse trabalho. “É lamentável ver o fim de um programa bem sucedido, por falta de recursos. Nós como secretaria, fizemos o possível para segurar o programa em Petrolina, no entanto, em tempos de apertos financeiros, o Governo do Estado, se eximiu de sua responsabilidade em repassar a verba que assegurava o programa. Lamentamos, mas infelizmente o Vida Nova / Centro da Juventude, deixará de existir”, disse a secretária.

O prefeito de Petrolina, Julio Lossio, também lamentou o acontecido.  “ Fica em nós um sentimento de perda. Eu que acompanho cada passo desse Programa, sempre enxerguei um grande potencial em cada jovem atendido e que era profissionalizado através de cada ciclo. Infelizmente, a prefeitura não pode mais segurar sozinha um programa desse porte, e que tinha como suporte o repasse do Governo do Estado. Lamentamos muito”, finalizou o prefeito.

O Vida  Nova – Centro da Juventude é um programa que oferece a oportunidade de construir um futuro promissor por meio de qualificação social e profissional. A iniciativa atende a 200 jovens de 42 bairros da área urbana de Petrolina. O Programa beneficia jovens de 16 a 29 anos, em situação de vulnerabilidade social e pessoal, que têm a oportunidade de participar de dois ciclos de atividades. O primeiro ciclo é de qualificação social, com as temáticas: Cidadania, Direitos Humanos, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e sete oficinas culturais como dança, teatro, esporte, música (percussão). O segundo ciclo é de qualificação profissional, realizada em convênio com o SESI, SENAI e SEST/SENAT.

O Programa promove a inclusão social e qualifica o jovem para os desafios do mercado de trabalho. O Programa Vida Nova – Centro da Juventude inclui o jovem socialmente e oferece a oportunidade de construir um futuro melhor, com qualificação para obter um bom desempenho na profissão escolhida. Com o fim do repasse dos recursos a zero, na prática, essa política deixa de existir.

Por: Cauby Fernandes, Assessoria de Cidadania

Barragem do Fundão, em Mariana, tem novo vazamento

MarianaMINAS GERAIS – A barragem do Fundão, da mineradora Samarco, em Mariana, apresentou um novo vazamento no começo da tarde desta quarta-feira. De acordo com o chefe da Defesa Civil de Mariana, Welbert Stopa, o órgão foi avisado pela empresa, que adotou o alerta amarelo. Estopa afirma que não há vítimas, mas que, seguindo a legislação, os funcionários tiveram que sair do local. “Teve um deslocamento de massa. Foi material acumulado que vazou”, afirma Stopa.

O responsável pela Defesa Civil detalha que esses materiais acumulados são sedimentos do vazamento anterior, em 5 de novembro, que matou 17 pessoas, deixou duas desaparecidas, arrasou comunidades e provocou o colapso no abastecimento das cidades às margens do Rio Doce. Procurada pela reportagem, a Samarco ainda não havia se pronunciado até a publicação deste texto.

A Samarco confirmou à prefeitura de Mariana que os funcionários foram retirados do local por motivo de segurança. Ainda citada pela prefeitura, a mineradora minimizou o incidente, qualificando o vazamento como de “volume pequeno”. A Samarco descartou risco de que esse material siga adiante nos cursos d´água e que não há motivo para pânico.

A situação de emergência é iniciada, segundo a portaria do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), quando “for constatada, a qualquer momento, anomalia que resulte na pontuação máxima de 10 (dez) pontos em qualquer coluna do quadro de estado de conservação referente a categoria de risco da barragem de mineração, ou quando há qualquer outra situação com potencial comprometimento de segurança da estrutura. A emergência é classificada de níveis de um a três, sendo que o último é quando há ruptura ou iminência.

O promotor Carlos Eduardo Ferreira Pinto, coordenador do Núcleo de Combate aos Crimes Ambientais do Ministério Público de Minas Gerais mandou deslocar uma equipe ao local para apurar o novo incidente.