Arquivos da Seção: Esportes

Adiós? Neymar aceita oferta do PSG, crava jornalista

NeymarNeymar está de malas prontas para deixar Barcelona. Nesta terça-feira, o repórter do Esporte Interativo e blogueiro do LANCE! Marcelo Bechler cravou que o brasileiro aceitou a astronômica proposta do Paris Saint-Germain. O valor chega à casa dos 222 milhões de euros (R$ 809 milhões), multa rescisória do camisa 11, que seria anunciado pelo clube francês em duas semanas.

Na última segunda-feira, cabe lembrar, a imprensa espanhola já havia levantado a bola referente a uma possível insatisfação de Neymar. O astro da Seleção Brasileira não aceitaria mais ser apenas uma “sombra” de Messi.

Segundo Bechler, o projeto do PSG foi decisivo para convencer Neymar a dar adeus ao Camp Nou. Na equipe parisiense, comandada por Unai Emery, Neymar seria o principal protagonista, além de reeditar dupla com o amigo Daniel Alves, lateral-direito recém-chegado.

BARCELONA NEGA SAÍDA

Capa dos principais jornais espanhóis neste dia 18, Neymar é o assunto do momento no mundo da bola. O Barcelona, no entanto, fará jogo duro. A começar pelo discurso.

Também nesta terça, o vice-presidente esportivo dos Blaugranas, Jordi Mestre, garantiu que o craque brasileiro não deixará o Barça, onde tem vínculo até junho de 2021.

– Com 200% de certeza, digo que o Neymar não irá deixar o clube neste verão. Esta manhã eu li que o PSG negou categoricamente (qualquer oferta). Não há nenhuma razão para mudar as relações entre os clubes – disse Mestre.

Tite entra em lista dos técnicos mais respeitados do mundo

TiteNesta semana, o treinador da Seleção Brasileira entrou no seleto top 20 do Coach Reputation Ranking, levantamento anual que aponta quem são os profissionais mais respeitados do planeta bola.

O brasileiro ficou em 16º, a frente de nomes consagrados como o francês Arsene Wenger, do Arsenal, e o português Fernando Santos, campeão da Eurocopa. O pódio foi formado pelos italianos Antonio Conte, do Chelsea, e os dois finalistas da UEFA Champions League, Massimiliano Allegri, da Juventus, e o número 1 Zinedine Zidane, do Real Madrid.

Veja os 20 primeiros da lista:

1) Zinedine Zidane, Real Madrid

2) Massimiliano Allegri, Juventus

3) Antonio Conte, Chelsea

4) Carlo Ancelotti, Bayern de Munique

5) Diego Simeone, Atlético de Madrid

6) Mauricio Pochettino, Tottenham

7) Pep Guardiola, Manchester City

8) Unai Emery, Paris Saint-Germain

9) Jürgen Klopp, Liverpool

10) Leonardo Jardim, Monaco

11) Luis Enrique, ex-Barcelona

12) Ronald Koeman, Everton

13) Julen Lopetegui, Espanha

14) José Mourinho, Manchester United

15) Joachim Löw, Alemanha

16) Tite, Seleção Brasileira

17) Luciano Spalletti – Inter de Milão

18) Didier Deschamps, França

19) Fernando Santos, Portugal

20) Arsène Wenger, Arsenal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em construção, arena da Copa do Mundo-2018 é atingida por incêndio

RússiaA exatamente um ano da Copa do Mundo da Rússia, um incêndio atingiu a construção da Pobeda Arena, estádio para o Mundial em 2018 em Volgograd, cidade localizada no sul do país. Autoridades atribuíram o problema à negligência em relação aos regulamentos de segurança da construtora.

De acordo com informações de Vladimir Puchkov, Ministro das Situações de Emergência da Rússia, a chama foi causada por uma “violação nos regulamentos de segurança” durante soldagem no local. Não houve feridos.

Em entrevista à agência de notícia “Reuters”, uma porta-voz da Stroytransgaz, empresa que constrói a arena, afirmou que o fogo começou por conta de uma faísca criada durante soldagem. Prejuízos ainda não foram calculados.

Cabe frisar que Volgograd não será sede da Copa das Confederações, a ser realizada a partir deste sábado. Já na Copa do Mundo, o estádio atingido nesta manhã estará presente e será uma das 12 sedes, espalhadas por 11 cidades, incluindo Moscou, São Petersburgo, Sochi e Kazan.

Roma vence jogaço contra Chievo e seca Juve para seguir sonhando

A Roma venceu, de virada, um jogaço de oito gols contra o Chievo, em Verona, para manter vivo o sonho do título do Campeonato Italiano.

O time da casa via o rival ser superior no início da partida, mas conseguiu chegar ao gol que inaugurou o marcador. Castro pegou sobra de bola na área para marcar.

Os Giallorossi tiveram um pouco de dificuldade, mas conseguiram, aos 28 minutos, o gol de empate, com El Shaarawy. Ainda no primeiro tempo, o duelo teve mais emoções. Inglese, de cabeça, recolocou o time de Verona na dianteira, mas Salah voltou a empatar.

Na segunda metade, mais gols saíram em um duelo bem movimentado. Os autores dos gols romanistas no primeiro tempo, El Shaarawy e Salah, voltaram a marcar para dar boa vantagem para a equipe da capital.

O Chievo ainda tentou uma reação, com Inglese, mas o artilheiro Dzeko confirmou a vitória da Roma. Agora, resta ao time de Luciano Spalletti secar a Juventus contra o Crotone, em Turim, para ir para a última rodada ainda sonhando. A diferença entre as equipes atualmente é de um ponto.

Confrontos das oitavas da Copa do Brasil

Copa do BrasilOs mandos de campo das oitavas de final da Copa do Brasil foram definidos em sorteio nesta quinta-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. São eles:

Confrontos de ida

Palmeiras x Internacional
Grêmio x Fluminense
Botafogo x Sport
Santa Cruz x Atlético-PR
Cruzeiro x Chapecoense
Paraná x Atlético-MG
Flamengo x Atlético-GO
Santos x Paysandu

Confrontos de volta

Internacional x Palmeiras
Fluminense x Grêmio
Sport x Botafogo
Atlético-PR x Santa Cruz
Chapecoense x Cruzeiro
Atlético-MG x Paraná
Atlético-GO x Flamengo
Paysandu x Santos

Veio a décima! Corinthians desencanta no fim, vence Batatais e conquista mais uma Copa São Paulo

CorintiansFoi muito mais difícil que o torcedor do esperava, mas o Corinthians espantou a zebra do Batatais e conquistou seu 10º título na Copa São Paulo de Futebol Júnior.

No Pacaembu, a equipe do interior fez jogo duro, segurou o empate até os instantes finais, mas conseguiu vencer o bloqueio da surpresa da competição para vencer por 2 a 1, com gols de Carlinhos e Marquinhos. Douglas Pote ainda marcou um golaço nos acréscimos, mas o time da capital conseguiu evitar uma reação e comemorou o título.

Sob os olhares do técnico Fabio Carille, da equipe profissional, os jogadores corintianos fizeram a festa com a taça e 100% de aproveitamento na competição. Vice, o Batatais também teve motivos para comemorar, por ter, em sua terceira participação, incomodado tanto o maior campeão do torneio.

Se o torcedor do Corinthians foi ao Pacaembu esperando um jogo tranquilo, o primeiro tempo deixou claro que a história seria diferente. A equipe do Batatais encaixou a marcação e complicou a vida do time da capital, que pouco conseguia criar.

A melhor chance, inclusive, acabou saindo do lado interiorano da decisão. Aos 24 minutos, em contra-ataque pela esquerda, Igor fez o cruzamento e Thalles apareceu livre, na entrada na pequena área, para desviar e ver a bola passar rente à trave.

Depois da parada técnica, o Corinthians melhorou e passou a levar mais perigo. Aos 37, Pedrinho fez boa jogada e passou para Oya, que limpou a marcação e tentou buscar o ângulo esquerdo, mas Gérson foi buscar e faz uma bonita ponte.

Nos minutos finais, mais pressão do time corintiano, que acabou acertando o travessão do gol defendido por Gérson com o cabeceio de Thiago, após cobrança de escanteio, aos 44 minutos.

No segundo tempo o Corinthians voltou um pouco melhor, com Pedrinho encontrando um pouco mais de espaço e criando a primeira chance, com um passe para Carlinhos finalizar em cima do goleiro.

Aos 14, Pedrinho deixou mais um companheiro em condições de abrir o placar, mas desta vez foi Marquinhos que perdeu ao perder o contato com a bola na hora do domínio e permitir que a marcação aparecesse no último instante para impedir o gol.

Com o tempo passando e nada de gols, o time do Corinthians começou a se irritar com a falta de eficiência no ataque, enquanto o Batatais mantinha sua postura e buscava cada vez mais apostar nos contra-ataques.

Aos 32, após cruzamento pela direita, a bola sobrou para Matheus, que tentou a finalização com força. A bola explodiu no defensor e o rebote ficou com Pedrinho, que tentou de primeira, com curva, mas a bola foi para fora.

O sufoco só foi acabar aos 42 minutos. Em linha de passe, a bola ficou para Marquinhos, que cruzou com perfeição para Carlinhos subir sozinho e cabecear com categoria para marcar aquele que seria apenas o primeiro gol do Corinthians na decisão.

Dois minutos depois, Carlinhos retribuiu e deixou Marquinhos na cara do gol para ampliar e começar a festa no Pacaembu.

Aos 44, porém, Douglas Pote quis colocar um tempero a mais na decisão e marcou um golaço para recolocar o clima tenso no Pacaembu. Depois de receber lançamento em profundidade, o atacante se adiantou ao goleiro Filipe e mandou por cobertura para deixar o placar em 2 a 1.

Como o jogo ficou paralisado por conta do tempo técnico, alterações e depois por problemas nas arquibancadas, com sinalizadores, foram nove minutos de acréscimos, mas o resultado já estava definido.

Robô x ET

Cristiano RonaldoO que esperar quando você disputa algo contra Lionel Messi e Cristiano Ronaldo? Tem como ganhar de uma máquina e de um alienígena? Espera… máquinas e alienígenas jogam futebol?

Cristiano Ronaldo é símbolo de que treino aliado à dedicação faz milagre.Faz milagre não, dá resultado! Um robô português que se alimenta de gols e títulos, ”apenas” disso. Corre como se fosse uma Ferrari e os defensores um Fusca. Não me levem a mal, gosto de Fuscas, mas…

E Messi? Um alienígena perdido em nosso mundo. Não sei como veio parar aqui e muito menos o porquê dele estar aqui. Minto, sei sim. Para nos mostrar que os ETs sabem jogar futebol, e muito. Mas é capaz de Messi ser extraterrestre no mundo dos extraterrestres, de tão genial e diferente que ele é.

Depois de pensar muito, quero parabenizar Antoine Griezmann. Você é o melhor jogador do mundo…do mundo humano.

João Marcos Bisca

http://www.resenhaesportiva.com/2017/01/robo-x-et.html

Sergio Ramos faz gol contra, Sevilla vira nos acréscimos e encerra invencibilidade do Real

REAL MADRIE quis o destino, esse ser invisível, que o dono de um das grandes histórias do meio da última semana fosse decisivo neste domingo.

O Real Madrid vencia o jogo neste domingo por 1 a 0, gol de Cristiano Ronaldo, até os 39 minutos deste segundo tempo. E em uma sucessão incrível de lances, viu Sergio Ramos marcar contra e Jovetic fazer nos acréscimos para dar a vitória ao Sevilla por 2 a 1 no Ramon Sanchez Pizjuan pela 18ª rodada do Campeonato Espanhol.

Com o resultado, o Sevilla encerrou a invencibilidade de 40 jogos do rival e manteve a vice-liderança do Espanhol e chega aos 39 pontos e fica a um do real, primeiro na tabela com 40.

O Real volta a campo pelo Espanhol no próximo sábado, 21 de janeiro: o clube enfrentará o Málaga em casa. Três dias antes, ainda há um confronto pelas quartas de final da Copa do Rei, contra o Celta de Vigo.

Já o Sevilla volta a jogar no próximo domingo, 22 de janeiro, quando enfrenta o Osasuna fora de casa.

O que aconteceu com time do Parma?

ParmaA Società Sportiva Dilettantistica Parma Calcio 1913 (ex-Parma Football Club e Parma Associazione Calcio) é um clube de futebol italiano profissional com sede em Parma.

Protagonista de inúmeras histórias, que constam glórias no futebol italiano, vive um dos piores momentos de sua vencedora existência.

A equipe conquistou ao longo de sua história:

Simbolo Parma– 2 Ligas Europa da UEFA;

– 1 Recopa Europeia;

– 1 Supercopa Europeia;

– 3 Copas da Itália;

– 1 Super Copa da Itália.

Inúmeros foram os craques e ídolos que vestiram a camisa do Parma Football Club, dentre eles: Gianluigi Buffon, Carlo  Ancelotti, Gianfranco Zola, Fabio Cannavaro, Alberto Gilardino, Antonio Cassano, Hernán Crespo, Ariel Ortega, Juan Sebastian Verón, Lilian Thuram, Faustino Asprilla, além dos brasileiros Alex, Junior, Amoroso, Zé Maria e Adriano “Imperador”.

No dia 22 de junho de 2015, o Parma, que terminou a Serie A 2014-15 na última colocação na tabela de classificação, declarou oficialmente a segunda falência de sua história.

Ninguém imaginaria que uma equipe tão tradicional chegaria  a ficar sem dinheiro para abrir seu estádio, com empresas de aluguel de ônibus levando os carros de volta,  lavanderia fechada por falta de pagamento, os notebooks e máquinas da academia confiscados pela Polícia Federal, dentre outros problemas.

O Parma do início dos anos 1990 era uma força crescente na Itália: bancado pela Parmalat, empresa que também patrocinou o Palmeiras, contratou jogadores importantes, montou um elenco forte e passou a brigar na parte de cima da tabela.

A queda começou quando a Parmalat decretou falência em 2003. Toda a sustentação financeira do Parma caiu. Um ano depois, o clube foi declarado insolvente e teve de mudar de nome. A partir dessa transição, a equipe infelizmente teve que mudar seus planos em suas temporadas, “lutando para não ser rebaixado”.

Giampietro Manenti, presidente dos “Crociati”, declarou falência em março de 2015 e as dívidas totais do clube foram avaliadas em R$ 670 milhões. Dentro desse montante estão os encargos esportivos, que ultrapassam R$ 250 milhões. O clube esperava um investidor para abater a dívida e se livrar do processo de falência que o rebaixaria, mas não teve sucesso.

DiogoPor: Diogo Costa, estudante de Direito da FACAPE.

Paulo Câmara decreta Luto Oficial de três dias no Estado

chapecoense