Arquivos da Seção: Bola Mundo

Adiós? Neymar aceita oferta do PSG, crava jornalista

NeymarNeymar está de malas prontas para deixar Barcelona. Nesta terça-feira, o repórter do Esporte Interativo e blogueiro do LANCE! Marcelo Bechler cravou que o brasileiro aceitou a astronômica proposta do Paris Saint-Germain. O valor chega à casa dos 222 milhões de euros (R$ 809 milhões), multa rescisória do camisa 11, que seria anunciado pelo clube francês em duas semanas.

Na última segunda-feira, cabe lembrar, a imprensa espanhola já havia levantado a bola referente a uma possível insatisfação de Neymar. O astro da Seleção Brasileira não aceitaria mais ser apenas uma “sombra” de Messi.

Segundo Bechler, o projeto do PSG foi decisivo para convencer Neymar a dar adeus ao Camp Nou. Na equipe parisiense, comandada por Unai Emery, Neymar seria o principal protagonista, além de reeditar dupla com o amigo Daniel Alves, lateral-direito recém-chegado.

BARCELONA NEGA SAÍDA

Capa dos principais jornais espanhóis neste dia 18, Neymar é o assunto do momento no mundo da bola. O Barcelona, no entanto, fará jogo duro. A começar pelo discurso.

Também nesta terça, o vice-presidente esportivo dos Blaugranas, Jordi Mestre, garantiu que o craque brasileiro não deixará o Barça, onde tem vínculo até junho de 2021.

– Com 200% de certeza, digo que o Neymar não irá deixar o clube neste verão. Esta manhã eu li que o PSG negou categoricamente (qualquer oferta). Não há nenhuma razão para mudar as relações entre os clubes – disse Mestre.

Tite entra em lista dos técnicos mais respeitados do mundo

TiteNesta semana, o treinador da Seleção Brasileira entrou no seleto top 20 do Coach Reputation Ranking, levantamento anual que aponta quem são os profissionais mais respeitados do planeta bola.

O brasileiro ficou em 16º, a frente de nomes consagrados como o francês Arsene Wenger, do Arsenal, e o português Fernando Santos, campeão da Eurocopa. O pódio foi formado pelos italianos Antonio Conte, do Chelsea, e os dois finalistas da UEFA Champions League, Massimiliano Allegri, da Juventus, e o número 1 Zinedine Zidane, do Real Madrid.

Veja os 20 primeiros da lista:

1) Zinedine Zidane, Real Madrid

2) Massimiliano Allegri, Juventus

3) Antonio Conte, Chelsea

4) Carlo Ancelotti, Bayern de Munique

5) Diego Simeone, Atlético de Madrid

6) Mauricio Pochettino, Tottenham

7) Pep Guardiola, Manchester City

8) Unai Emery, Paris Saint-Germain

9) Jürgen Klopp, Liverpool

10) Leonardo Jardim, Monaco

11) Luis Enrique, ex-Barcelona

12) Ronald Koeman, Everton

13) Julen Lopetegui, Espanha

14) José Mourinho, Manchester United

15) Joachim Löw, Alemanha

16) Tite, Seleção Brasileira

17) Luciano Spalletti – Inter de Milão

18) Didier Deschamps, França

19) Fernando Santos, Portugal

20) Arsène Wenger, Arsenal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em construção, arena da Copa do Mundo-2018 é atingida por incêndio

RússiaA exatamente um ano da Copa do Mundo da Rússia, um incêndio atingiu a construção da Pobeda Arena, estádio para o Mundial em 2018 em Volgograd, cidade localizada no sul do país. Autoridades atribuíram o problema à negligência em relação aos regulamentos de segurança da construtora.

De acordo com informações de Vladimir Puchkov, Ministro das Situações de Emergência da Rússia, a chama foi causada por uma “violação nos regulamentos de segurança” durante soldagem no local. Não houve feridos.

Em entrevista à agência de notícia “Reuters”, uma porta-voz da Stroytransgaz, empresa que constrói a arena, afirmou que o fogo começou por conta de uma faísca criada durante soldagem. Prejuízos ainda não foram calculados.

Cabe frisar que Volgograd não será sede da Copa das Confederações, a ser realizada a partir deste sábado. Já na Copa do Mundo, o estádio atingido nesta manhã estará presente e será uma das 12 sedes, espalhadas por 11 cidades, incluindo Moscou, São Petersburgo, Sochi e Kazan.

Roma vence jogaço contra Chievo e seca Juve para seguir sonhando

A Roma venceu, de virada, um jogaço de oito gols contra o Chievo, em Verona, para manter vivo o sonho do título do Campeonato Italiano.

O time da casa via o rival ser superior no início da partida, mas conseguiu chegar ao gol que inaugurou o marcador. Castro pegou sobra de bola na área para marcar.

Os Giallorossi tiveram um pouco de dificuldade, mas conseguiram, aos 28 minutos, o gol de empate, com El Shaarawy. Ainda no primeiro tempo, o duelo teve mais emoções. Inglese, de cabeça, recolocou o time de Verona na dianteira, mas Salah voltou a empatar.

Na segunda metade, mais gols saíram em um duelo bem movimentado. Os autores dos gols romanistas no primeiro tempo, El Shaarawy e Salah, voltaram a marcar para dar boa vantagem para a equipe da capital.

O Chievo ainda tentou uma reação, com Inglese, mas o artilheiro Dzeko confirmou a vitória da Roma. Agora, resta ao time de Luciano Spalletti secar a Juventus contra o Crotone, em Turim, para ir para a última rodada ainda sonhando. A diferença entre as equipes atualmente é de um ponto.

Sergio Ramos faz gol contra, Sevilla vira nos acréscimos e encerra invencibilidade do Real

REAL MADRIE quis o destino, esse ser invisível, que o dono de um das grandes histórias do meio da última semana fosse decisivo neste domingo.

O Real Madrid vencia o jogo neste domingo por 1 a 0, gol de Cristiano Ronaldo, até os 39 minutos deste segundo tempo. E em uma sucessão incrível de lances, viu Sergio Ramos marcar contra e Jovetic fazer nos acréscimos para dar a vitória ao Sevilla por 2 a 1 no Ramon Sanchez Pizjuan pela 18ª rodada do Campeonato Espanhol.

Com o resultado, o Sevilla encerrou a invencibilidade de 40 jogos do rival e manteve a vice-liderança do Espanhol e chega aos 39 pontos e fica a um do real, primeiro na tabela com 40.

O Real volta a campo pelo Espanhol no próximo sábado, 21 de janeiro: o clube enfrentará o Málaga em casa. Três dias antes, ainda há um confronto pelas quartas de final da Copa do Rei, contra o Celta de Vigo.

Já o Sevilla volta a jogar no próximo domingo, 22 de janeiro, quando enfrenta o Osasuna fora de casa.

City faz proposta superior a do Barça por Gabriel Jesus, diz mídia inglesa

Gabriel de JesusAos 19 anos, o atacante Gabriel Jesus virou o alvo da vez para diversos gigantes europeus. Segundo o jornal espanhol Sport, o Barcelona teria feito uma proposta já rejeitada pelo Palmeiras de 19 milhões de euros.

A novidade agora, de acordo com o site inglês One World Sports, seria uma proposta do Manchester City, no valor de 21,5 milhões de euros (R$ 82,7 milhões). O Palmeiras nega que tenha recebido qualquer contato por parte dos ingleses.

Além de Barcelona e Manchester City, também estariam no páreo pelo atacante Real Madrid, PSG e Bayer de Munique.

A multa rescisória do contrato de Gabriel com o Palmeiras é de 40 milhões de euros, mas o Verdão admite receber menos para liberar a promessa.

Ainda segundo jornal inglês, o Barcelona prepara proposta de R$ 92 milhões pelo jogador.

MESSI SERÁ JULGADO POR SUPOSTA FRAUDE FISCAL

MESSI

ESPANHA – A Audiência Nacional de Barcelona, na Espanha, anunciou nesta quarta-­feira (20), que o atacante do Barcelona Lionel Messi será julgado entre os dias 31 de maio e 3 de junho deste ano por fraude fiscal cometida entre 2007 e 2009. O craque argentino, eleito cinco vezes o melhor do mundo (recorde), é acusado de uma fraude fiscal contra a Fazenda de 4,1 milhões de euros (cerca de R$ 18 milhões).

Em outubro do ano passado, a Procuradoria Geral da Espanha pediu que Messi seja condenado a 22 meses e meio de prisão. Naquele mês, a Promotoria do país pediu 18 meses de prisão para o pai do atacante, Jorge Horacio Messi. Em depoimento, o pai do jogador assumiu em toda a responsabilidade na gestão tributária dos rendimentos do filho.

De acordo com o Ministério Público, o pai de Messi teve um papel “decisório e decisivo” na criação de uma estrutura societária em paraísos fiscais, utilizada para evitar que Messi pagasse impostos sobre seus direitos de imagem entre 2007 e 2009. Curiosamente, o atacante Neymar foi intimado a depor, na semana passada, como réu no caso que investiga o seu envolvimento em uma fraude relacionada à sua transferência do Santos para o Barcelona, em 2013.

Segundo o jornal “El País”, é possível que o estafe de Messi peça a mudança das datas, pois o jogador estará, muito provavelmente, com a seleção argentina para disputar a competição. Na Liga dos Campeões, o Barcelona é um dos grandes favoritos para levar o título. O torneio ainda está nas oitavas de final. Nesta fase, o time espanhol enfrentará o Arsenal.

O julgamento vai começar três dias após a final da Liga dos Campeões, que acontece em 28 de maio, em Milão, na Itália, e terminar justamente no dia em que começa a Copa América do Centenário, nos Estados Unidos.

Comitê de Ética da Fifa suspende Blatter e Platini do futebol por oito anos

BlatterO Comitê de Ética da Fifa anunciou nesta segunda-feira que o suíço Joseph Blatter e o francês Michel Platini estão suspensos do futebol por oito anos.

Os dois foram considerados culpados pelo caso em que o Blatter pagou 2 milhões de francos suíços (cerca de R$ 8 milhões) a Platini em 2011, por serviços prestados entre 1998 e 2002.

Segundo o Comitê de Ética da Fifa, porém, nenhum dos dois conseguiu justificar o pagamento. Além da suspensão, Blatter também foi multado em 50 mil francos suíços (R$ 200 mil), e Platini, em 80 mil francos suíços (R$ 320 mil).

Em comunicado, o Comitê explica, no entanto, que o pagamento não feriu o artigo do estatuto da entidade que versa sobre “propina e corrupção” e sim que Blatter agiu em “conflito de interesses” e “contra a Fifa”. A suspensão de Platini é baseada na mesma interpretação.

Os dois já cumpriam suspensão provisória de 90 dias desde o começo de outubro por causa do mesmo caso. No período, foram impedidos de exercer qualquer atividade ligada ao futebol.

Ambos ainda devem recorrer da decisão do comitê, ou ao Comitê de Apelação, ou diretamente ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) – nesse caso, porém, precisariam de autorização da Fifa. A tendência é que o recurso ganhe caráter de urgência, uma vez que as eleições presidenciais da Fifa estão marcadas para 26 de fevereiro de 2016.

Platini, inclusive, era considerado o favorito na corrida presidencial. A data limite para a apresentação de candidaturas é 26 de janeiro, o que significa que o francês tem pouco tempo para tentar esgotar todas as vias de recursos.

Entenda o caso

No dia 8 de outubro de 2015, o Comitê de Ética da Fifa confirmou a suspensão provisória de Blatter e Platini por 90 dias.

A decisão veio dias depois da Promotoria suíça anunciar a abertura de um processo contra Blatter por suspeitas de gestão desleal e abuso de confiança, além de investigar “um pagamento irregular” de dois milhões de francos suíços (cerca de dois milhões de euros no câmbio de hoje) que este fez ao presidente da Uefa, Platini, “em prejuízo da Fifa”.

O pagamento em questão foi realizado em 2011, sem o conhecimento dos demais do Comitê Executivo da entidade. Tanto Blatter quanto Platini alegam que o dinheiro era referente ao período de 1998 a 2002, quando o francês atuou como consultor especial.

No período, Platini recebia um salário aproximado de 200 mil francos suíços anuais (R$ 800 mil). Os dirigentes, no entanto, dizem que acertaram um pagamento extra, a ser feito quando possível – Blatter alegou ao francês que a entidade não tinha como transferir todo o montante naquele momento, apesar de um superávit expressivo. A quantia de dois milhões, então, foi paga em nove anos depois, em 2011, meses antes de Blatter ser reeleito para mais um mandato na Fifa – a transferência não apareceu na prestação de contas da entidade.

A dupla admitiu que existiu apenas um acordo de cavalheiros pelo pagamento, sem um contrato formal, mas que era perfeitamente legal à luz das leis suíças. Assim, os dois se declararam inocentes e recorreram da suspensão provisória de 90 dias, mas tiveram os respectivos recursos negados.

Por outro lado, a lei do país europeu, segundo o jornal The Guardian, fixa um período de realização de pagamentos de no máximo cinco anos após o serviço prestado caso não haja um documento oficial.

Em 23 de novembro, o Comitê de Ética da entidade, chefiado pelo alemão Hans-Joachim Eckert, anunciou a abertura de um processo contra os dois por causa do pagamento, dias depois de um relatório de investigação ser finalizado. Oficialmente, eles foram acusados de corrupção, conflito de interesses, contabilidade falsa e por falta de cooperação com o comitê.

Na última quinta-feira, Blatter compareceu à sessão do Comitê de Ética da Fifa para fazer sua defesa. Perante a quatro juízes, ele fez esclarecimentos por oito horas. Mais tarde, declarou em nota que as evidências apresentadas o inocentariam. Já Platini enviou apenas seus advogados, em protesto por considerar que já foi declarado culpado pelo órgão.

 

Justiça espanhola aceita nova denúncia de fraude na contratação de Neymar

NeymarA Audiência Nacional espanhola aprovou a abertura de uma investigação sobre Neymar; seu pai; o presidente do Barcelona, Josep María Bartomeu; o mandatário anterior, Sandro Rosell; e o próprio clube por uma suposta fraude e crimes de corrupção na contratação do atacante.

O órgão rejeitou os recursos de todos os envolvidos contra a admissão da denúncia apresentada pelo grupo de investimento DIS, que tinha parte dos direitos econômicos de Neymar, por delitos de corrupção entre empresas e fraude na contratação do brasileiro pelo Barcelona.

O principal argumento dos afetados para que a nova investigação não fosse aceita era a similaridade deste novo caso com o da suposta fraude de 13 milhões de euros na contratação do jogador, o que será julgado pela Audiência de Barcelona e pelo qual Bartomeu e Rosell podem ser condenados a dois e sete anos de prisão.

O órgão entende que, enquanto o novo caso “investiga a atuação supostamente criminosa dos réus em fatos que podem ser enquadrados em tipos da fraude por concessão de contratos simulados e da corrupção entre empresas, no procedimento tramitado em Barcelona são averiguados fatos cometidos pela parte espanhola dos acusados, pelos dos supostos delitos societários e tributários”.

Apesar de “ambas as ações criminosas se apoiarem nos mesmos documentos assinados pelas partes, suas condutas são diferentes, independentes e não estão interrelacionadas”, consideraram os magistrados Ángela Murillo, Carmen Paloma González e Juan Francisco Martel.

Quanto à alegação de inexistência de indícios do crime de fraude, o tribunal afirma que com os dados da denúncia se deduz “a possível simulação de vários contratos entre Barcelona e Santos, por meio dos quais poderia estar sendo mascarado o pagamento pela transferência dos direitos” de Neymar.

Tudo isso, “fingindo outros conceitos irreais e com claro prejuízo da parte que entrou com a ação (o fundo DIS), que na época detinha 40% dos direitos econômicos do jogador”.

“De modo que se o Santos tivesse recebido do Barcelona uma quantia superior a 17,1 milhões de euros pela transferência (sem o conhecimento do DIS)”, isso não constituiria “um mero descumprimento civil, mas uma possível infração criminal”, diz a resolução.

Um dos contratos simulados seria o assinado entre Barcelona e Santos em 25 de julho de 2013, pelo qual o clube catalão pagou ao Peixe 7,8 milhões de euros “para exercer o direito de preferência sobre três jogadores do Santos, direito que não foi cumprido nos prazos estabelecidos”.

O outro é o acordo de 31 de junho de 2013 para a disputa de um amistoso entre ambos os clubes no Brasil de caráter gratuito, com o compromisso dos representantes do Barcelona (Bartomeu e Rosell) de pagar ao Santos 4,5 milhões de euros caso a partida não fosse realizada enquanto Neymar fosse jogador do Barça, “sem que tal jogo tenha sido feito ainda”.

A corrupção entre empresas “também não pode ser descartada”, já que nos documentos e contratos apresentados há uma “possível alteração das regras do livre mercado de contratações de jogadores, com prejuízo da parte que entrou com a ação, ao privá-la da possibilidade de o jogador entrar no mercado conforme as regras de livre concorrência.

Um dos contratos foi assinado em novembro de 2011, em São Paulo, no qual a empresa N&N, propriedade do pai de Neymar e também denunciada, se autoproclamava dona dos direitos econômicos futuros do jogador após o término do contrato com o Santos.

O outro contrato foi assinado um mês depois, em Barcelona, com o qual a N&N recebeu 10 milhões de euros e, “para completar os 40 milhões de euros para garantir a futura contratação”, foram pagos os 30 milhões de euros restantes da seguinte maneira: 25 milhões de euros em 2013 e os outros cinco milhões de euros em 2014.

O DIS tinha direito a receber 40% da quantia paga pelo Barcelona ao Santos, mas só identificou essa porcentagem dos 17,1 milhões de euros que o clube disse ter recebido pelo brasileiro. No entanto, a transferência teria custado 83,3 milhões de euros, segundo as investigações da Audiência Nacional.

Copyright (c) Agencia EFE, S.A. 2015, todos os direitos reservados.

Morre Alcides Gigghia, o carrasco do Brasil na Copa de 1950

FutebolMorreu nesta quinta-feira o ex-atacante Alcides Gigghia. Foi dele o gol da vitória por 2 a 1 do Uruguai sobre o Brasil na Copa do Mundo de 1950, na partida que ficou conhecida como Maracanazo. Ele sofreu um ataque cardíaco e não resistiu. Tinha 88 anos, e era o último jogador vivo de uma das maiores partidas da história do futebol.

Coincidentemente, a morte de Gigghia ocorre exatamente no 65º aniversário daquele jogo, disputado também em um 16 de julho, no Maracanã lotado por 199.854 torcedores. O então jogador do Peñarol marcou o gol da virada celeste, aproveitando a famosa falha do goleiro Barbosa, que não defendeu seu chute no canto esquerdo.

Gigghia tinha saúde estável, mas que ficou debilitada depois de um acidente de carro, em 2012, que o deixou no hospital em estado grave. No entanto, ele sempre comparecia a eventos importantes em que era convidado, como o sorteio dos grupos da última Copa do Mundo, que aconteceu em 2013, na Costa do Sauípe, na Bahia.

Dono da medalha de Ordem de Mérito da Fifa, a lenda do Uruguai foi homenageada em 2009, colocando os pés na Calçada da Fama do Maracanã. Ele foi apenas o sexto jogador estrangeiro na história a ter essa honraria, após o chileno Elías Figueroa, o paraguio Romerito, o alemão Beckenbauer, o português Eusébio e o sérvio Petković.

Agradecido, emocionou-se e chorou.

“Nunca pensei que seria homenageado no Maracanã, estou muito emocionado. Meus sinceros agradecimentos ao público. Agradeço profundamente. Viva o Brasil!”.